Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Registo 90

Registo da vida a mudar desde 01/01/1990.

Registo da vida a mudar desde 01/01/1990.

Mais sobre mim

foto do autor

Eu nas redes sociais:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Minimalismo: Porquê mudar?

Alguém disse que "a mudança é a única constante da vida", o que ninguém listou foram as consequências dessas mudanças ou os seus benefícios.

 

Moro nos Açores, um conjunto de 9 ilhas que ficam situadas no Atlântico Norte e que pertecem a Portugal. Ao longo dos anos, mudei várias vezes de ilha. 

 

Em cada momento e com cada mudança, eu também mudei e fui uma pessoa diferente em cada lugar, porque era jovem, porque era estudante, porque estava a trabalhar pela primeira vez, por obrigação profissional, porque amadureci. Eu mudei, como todos mudamos, eu cresci.

 

Em cada momento da minha vida quis coisas diferente, vesti-me de formas diferentes, vesti-me apropriadamente ou não para situações diferentes, comprei coisas diferentes.

 

Ao longo do tempo acumulei, basicamente, duas coisas: Responsabilidades e tralha.

 

Com o passar dos anos fui acumulando responsabilidades profissionais e domésticas cujas me trouxeram imenso stress e responsabilidade. E como sou solteiro e moro sozinho, essas responsabilidades eram cansativas e infinitas.

 

Eu não estava bem físicamente e no lugar onde vivo. Profissionalmente, o meu estado de esprítio estava a afectar cada vez mais a minha carreira. Quando surgiu a oportunidade de mudar para outro lugar, para um novo emprego e começar de novo, eu não consegui. Eu tenho um cão, mobilias diversas, contas para pagar, contratos de fidelidade com fornecedores de telecomunicações. 

 

Então em 2019, eu decidi mudar. Depois de passar várias horas a assistir vídeos no YouTube e de ver alguns documentários no NETFLIX descobri uma comunidade de pessoas que sofriam dos mesmos problemas que eu e que tinha escolhido ter uma vida mais simples, mais direcionada, mais intencional, e mais focada na sua realização pessoal e profissional. Uma vida com menos pesos. 

 

Passado três meses desde o início desses ajustes à minha vida, eu encontrei uma maior paz de espírito, maior saude financeira, mais tempo livre, e uma maior liberdade e disponibilidade para novos desafios.

 

O minimalismo como estilo de vida é muito mais do que paredes brancas e decorações brancas ou salas vazias. É ter apenas o que se necessita, o que que se gosta, o que nos realiza. É sobretudo, não preencher os nossos vazios com coisas desnecessárias e que só dificultam a nossa vida.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Eu nas redes sociais:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.